Exposição de brinquedos Satorilab “A Infância em Jogo”, com curadoria de Alejandro Sarmiento e Luján Cambariere, produzida com materiais de descarte industrial, resultado de oficinas da Satorilab realizadas na Argentina, Brasil, Chile e Colômbia.

Sobre Satorilab
Satorilab são laboratórios de design experimental com materiais recicláveis. Seus pilares são o pensamento e a experimentação. Para isso, sempre se valem de um tema, valores essenciais da vida — amor e ligações, jogo na infância, a celebração — que servem de pontapé inicial para refletir, pesquisar, explorar e, por meio de recicláveis, fazer um processo de conscientização sobre o consumo desenfreado, o meio ambiente, problemas sociais e questões para as quais o design pode dar respostas. 


Quem 

Satorilab é formado pela jornalista especializada em design Luján Cambariere e pelo projetista industrial Alejandro Sarmiento. Faz parte também cada um dos participantes que se somam iniciativa. 

Como 

Trabalho feito de forma coletiva e cooperada, sem individualismo e autorias, com alunos de todos os cursos de design – industrial, gráfico, têxtil, de moda, de som e imagem — e arquitetura, com cursos intensivos e de imersão.

Muitos de nossos projetos são transferidos para diferentes populações vulneráveis –prisioneros, adictos em recuperação artesãos- no contexto de diversos projetos sociais.

Materiais

O descarte de resíduos é, talvez, o problema mais angustioso e o segredo mais bem guardado de nossos tempos. Das fábricas partem todos os dias dois tipos de caminhões: um tipo se dirige aos armazéns de grande e pequeno porte; o outro, aos lixões. Crescemos em uma cultura que nos adestrou para prestar atenção (contar, valorizar, e dar importância) tão somente ao primeiro tipo de caminhões. Assim o preceito moderno seria: onde há design, há resíduos. Quando se trata de projetar as formas de convivência humana, os resíduos são os seres humanos.